AngolaFamosos

Prodígio desabafa a saudade pelo pai em versos profundos que fazem chorar

129views

Prodígio desabafa a saudade pelo pai em versos profundos que fazem chorar

O grande ícone do rap angolano, Prodígio, publica nas suas redes sociais palavras lindas, transformadas desabafando a saudade eterna que sente pelo pai.
Prodígio é um artista que não expõe tanto acerca da sua vida, tanto que, no percurso da morte do seu pai, o ícone não falou quase nada acerca do pai.

No verso o rap diz: Comecei a escrever um verso para ti e muito rápido pensei, “não faz sentido escrever para ti, se eu sei que não vais ler”! Mas será que eu estava mesmo a escrever para ti? Muito rápido cheguei a conclusão que eu estava a escrever para mim… 3 anos atrás eu perdia toda a minha vaidade quando alguma coisa decidiu levar-te de mim! Perdi o brilho, perdi a cabeça, perdi a vontade de viver e só não perdi o foco porque não me posso dar ao luxo… A minha vulnerabilidade nasce e morre na minha cabeça. Aceitei responsabilidades que não cabem nas mãos de um homem. Escolhi um caminho que não me permite recuar mas a verdade é que todos os dias, durante o intervalo entre estar acordado e adormecer, NADA importa. Afastei-me das pessoas e distanciei-me de mim. A quem diga que perdi a contundência, perdia a “arrogância”, fiquei simpático, perdi quem eu era. Sim, porque quem eu era, eras tu. Por mais que não faça sentido escrever-te aqui, que sentido faz viver sem ti? O que é o sentido se não for o que a gente sente…!? Choramingas nunca fui, verdadeiro sempre serei. Se sentires que mudei, tas certo.


No fim, Prodígio ainda deixa uma dica para todos que lerem, dando um aviso para quem ainda tem os pais em vida: cuidem sempre dos seus pais.”

Sugestões: Prodigio diz que rasgou o passaporte de sua mãe para não voltar para Angola